Pedro L Cipolla
A sorte persegue a coragem
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Quem cara pálida ?
                          

        
                      E na Escola de  Samba ” Vai que é tarde “  
                        Depois de  duas pinguinhas a mais“
   -  Tudo bem ? Muito prazer, Silva
-     Prazer Meu nome também é Silva.
- Que parte dos Silva?
- Santos Silva.
- Meu avô morava em Santos.
- Também era Santos Silva?
- Não! Morava em Santos, perto da Vila Belmiro. E o                              seu ?
- Também era viúvo.Vivia só, em Presidente Prudente.
- Não perguntei se ele era viúvo só. Nem falei de             Presidente Prudente
- Faz tempo Já morreu...
- Quem, o Presidente Prudente?
- Não, meu avô.. Foi morar em Presidente
                Venceslau e morreu. Era primo desse Lula da Silva.
          -     Mas esse era só Silva.Acho que Lula era de Santos.Ele não foi técnico do Santos ?
                Comi muita lula em Santos
- Ele também era Presidente?
- Quem o Lula? Acho que sim
- De uma Escola de Samba?
- De um Escola? Ele ensinaava o quê?
- Não ensinava nada. Era só Presidente. Acho que nem ler ele sabia
- Puxa, o cara fez o maior esforço prá ser Presidente e    
                você diz que ele era “só Presidente?”
- Ele nem desfilava...
- Por quê. Ele era manequim? De foto ou passarela?
- Eu tinha uma prima que desfilava. Ela se virava.                        
                 Agora já tá velha.
- Tá surdo? Meu avô NÃO era manequim e nem se virava
- Nem o meu! Ele só tinha um parentesco com o Costa e     Silva. Aquele que virou viaduto. Esse também era só Silva.
                Não tinha Santos.
- Puxa, faz tempo que eu não vou prá lá.
- Você já pensou em tratar desse seu Alzheimer ?
- Minha mulher fala a mesma coisa,mas eu nunca lembro de marcar consulta com o médico.
Pedro L Cipolla
Enviado por Pedro L Cipolla em 24/03/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários