Pedro L Cipolla
A sorte persegue a coragem
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
 Cansei de tomar remédio
Minha vida virou uma falácia
Tornou-se um verdadeiro tédio
Entrar e sair de farmácia

Tudo pelo medo da morte
Me entupo até de aspirina
Esperando um dia,melhor sorte
Me livre desta maldita sina

Se dinheiro eu já não tinha
Vendi até da minha vó o relicário 
E o pouco que me mantinha
Faz agora a alegria do boticário

E pensar que até outro dia
Alegria e saúde eu esbanjava
Hoje vivo à revelia
Tomando  caldo e sopa de beterraba

De aspirina a xytromicina
Cheguei a tomar de tudo
Ruibarbo e palomycina
Até me deixaram 2 dias mudo

Não sei que diabo é essa doença
Que se não mata esfola 
Já me deram o cartão de presença
Acho que é chegada a minha hora

Não sei onde estou,nem pra aonde vou
Mas enfim um dia tudo se acaba
Mas pra matar esse virus destruidor
Já experimentaram dar caldo e sopa de beterraba ?







 
Pedro L Cipolla
Enviado por Pedro L Cipolla em 23/09/2020
Alterado em 24/09/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários