Pedro L Cipolla
A sorte persegue a coragem
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
 Já cansei! Vou-me embora... Pode ter certeza que não é pra Passárgada. Lá já tem muita gente e a mulher que eu quero já deve estar velha e acabada, e as camas por mais que se escolha só tem beliche.O Rei ,que era meu amigo, desenvolveu Alzheimer e certamente nem se lembra de mim. Prá onde eu vou ninguém vai saber. Rancho fundo? Nem pensar.Aquilo quando chove é um inferno, vira um atoleiro só, e depois fica pra lá do fim do mundo onde tem muita dor e muita saudade.Pra mim não serve eu só quero é felicidade Não , não quero.Pra onde eu vou nem esses malditos vírus vão me achar.Não quero usar máscara, a não ser no carnaval, e não vai ser de palhaço. Se eu pensei na Bahia? Nem pensar, 365 igrejas ? Não sou católico e já não acredito em milagres há muito tempo, a começar por esses governos. Pra onde eu vou não tem Pão de Açúcar, pra me lembrar que eu sou diabético e ainda tem 763 favelas pra me mostrar que Deus é brasileiro e a Cidade é Maravilhosa ? Num Rio de Janeiro em que eu deixei meu coração,e meu relógio,meu celular e minha carteira Não senhor. Já cansei ! Vou-me embora e também não é para aquela Casinha na Marambaia , que ficava à beira da praia, com brincos de princesa. Para os que não sabem, derrubaram a casinha e hoje é praia de nudismo. Cansei ! Vou-me embora,deste mundo incurável onde, de todos os males, o homem continua sendo o maior deles e assim o será por milhões e milhões de anos. Os vírus ? Ora os vírus são meras conseqüências...
Pedro L Cipolla
Enviado por Pedro L Cipolla em 26/06/2020
Alterado em 08/08/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários