Pedro L Cipolla
A sorte persegue a coragem
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Tudo ou nada
                        


     -   Seu nome?
- Roberta, digo, Roberto Santos Silva.
- Já internou neste hospital?
- Não, Graças a Deus não!É a primeira vez.
- Tua cirurgia já está marcada?
- Tá.É hoje.Eu estou na fila há 2 anos.
- Quem vai te operar?
- Ah!É o doutor...Como é mesmo o nome dele?
- Qual é a especialidade dele?
- Ele opera “essas coisas”, sabe?
- Que coisas? Diz logo pô!Não tá vendo a fila? Além de atender esse povão agora tenho que adivinhar quem vai operar o quê?
- Ai! Não seja bruto.Estou nervosa, né?
- Afinal, já descobriu o que você vai operar e o nome do cirurgião?
- Olha, já te disse.Vou operar “aquilo”.Entendeu?
- Ah! Já sei, a boneca vai operar o bilauzinho.
- Fala baixo!Quer que todo mundo saiba é? Ah, lembrei!O nome do doutor é Vila...Vila
- Dr. Vilarinho . Ele é especialista em operar “moças”
- Isso mesmo.Como é movimentado isto aqui.Quanta gente !
- O que a moçoila esperava de um hospital do INSS? Chá com bolachas e “biscoutos” A fofinha não gostou é? O Einstein é duas quadras lá pra baixo.
- Não enche, seu grosso!
- Jurandir vem cá! Leva essa florzinha pro quarto..Ela tem cirurgia marcada com o Vila.Boa sorte, princesa!
- Obrigada, seu chatonildo!


  No Centro Cirúrgico...

- Magalhães,vai pondo o paciente na mesa e comece a anestesia que eu já estou indo...
      - To sabendo.mas como você bebeu ontem, hein?
- Você me conhece.Ontem eu tava como o diabo gosta...”calça de veludo ou bunda de fora ...” Bebi tudo.
- A Marta não largou do teu pescoço a noite toda.Vai acabar se apaixonando.
- Não foi só do pescoço que ela não largou a noite toda.
- Deixa a tua mulher saber...
- Que sabe, nada!Ela nem desconfia.Aquilo é uma anta.Depois você sabe, né? Enfermeirinha nova no hospital tem que passar pelo “bisturi” aqui do papai.
Tô numa ressaca de dar gosto.Como é, Carvalho? Vamos começar logo ?Já estamos atrasados.
Êta anestesista molenga .Parece que é ele que vive anestesiado.

***
    -  Oi, Magalhães! A primeira cirurgia não era na outra sala?
- Era! Mudaram.Você já deveria estar acostumado com essa bagunça.O Macedo demora 10 horas prá fazer uma fimose...O jeito foi mudar para esta sala.Na 9 tão fazendo um RX, a 5 está contaminada, na 4 o ar condicionado pifou, na 2 acabou o oxigênio, na 8 o foco tá quebrado, na 6...Isto aqui parece que é rodízio de cirurgia.
- Tá bom, tá bom.Eu já estou acostumado.Vamos começar logo que depois desta eu tenho mais uma cirurgia e ainda marquei um almoço com o pessoal do Convênio.
- Será que agora o reajuste sai?
- Não sei não Magalhães, nós estamos pleiteando reajustar a consulta de R$ 70,00 para R$ 100,00 e as cirurgias maiores de R$ 620,00 para R$ 750,00.
- Será que eles vão topar?
- Tá difícil! Carvalho, vamos lá!Passa o bisturi.
- Pô, mas esse cara é grande, hein?
- Glorinha, feche os olhos que você não pode ver essas coisas kkkk
- Ah! Doutor, eu já estou acostumada...
- Me dá aquela tesoura curva delicada.Carvalho, cauterize esse vaso menor e deixa o maior que eu vou amarrar.Catgut!
- Como tem gente que não gosta da “coisa”, né?Toda vez que você faz esta cirurgia eu sinto um arrepio aqui em baixo.
- O cara já nasce assim.Tá no sangue. Ele não consegue viver com “esta coisa” no meio das pernas.Se não cortar ele é capaz de se matar.
- È uma pena né? Olha que este  cara é grande, hein? Boa pinta, mas tem mesmo um jeitinho de boneca.
- Como é que você sabe? O bicho tá dormindo.Tá anestesiado...
- Parece, né? É a minha opinião.
- Humm Carvalho, tô te estranhando...É,mas antes de passar pela cirurgia ele passou por uma batelada de exames para confirmar.Não é assim, não...
Pega o afastador e afasta aqui que eu não estou enxergando,ta sangrando muito.
- Doutor!
- Fala Glorinha, minha instrumentadora predileta.
- Agora é a pior parte, né? Quando “descasca” tudo.Eu que sou mulher sinto um friozinho na barriga...Como chama esta parte?
- Emasculação. Tá achando um desperdício é?
- Puxa, tá faltando tanto homem na praça e tem uns que estão jogando fora...
- E o que eu te dou, não te agrada?
- Por favor, doutor Vilarinho...
- Carvalho, levante a peça que eu vou cortar a base.Pronto, tá livre.Glorinha, leve prá casa e dê pros teus gatinhos.
- Que nojo doutor.Deixe de brincadeiras.
- Bom, Carvalho você termina? Agora você já sabe, né? É só rebater toda essa pele prá dentro e depois costurar.Capricha na “mocinha”.Eu vou adiantando e chamando o outro paciente.
Obrigado, pessoal!

**********

- Enfermeira chame meu próximo paciente!
- Como é o nome dele, doutor?
- Roberto Santos Silva. Cirurgia de fimose.
- ?????!!!!

- Como é! Vamos logo!
- Não doutor, acho que houve um pequeno engano.Roberto Santos Silva é cirurgia de transexualismo, mudança de sexo.Fimose, é que é a cirurgia do Roberto Silva Santos.
- Deixe de brincadeira que ainda estou meio tonto!
- Não estou brincando, doutor.Olhe aqui no quadro das salas.
        01- Roberto SANTOS Silva- sala 10 – Transexualismo
       A seguir:
      02- Roberto SILVA Santos-  sala 01-  Fimose
- Então, eu...Mas o que aconteceu? O Dr.Macedo estava na sala 10 ou eu é quem estava na 10 ? Afinal.Eu  estava na 01 ou na 10 ? Não sei, mas eu tinha certeza...
        Meu Deus esta maldita ressaca!Isto só pode ser um pesadelo! O
        que é que eu fui fazer meu Deus ?
    Enfermeira, eu tô indo embora!
- Mas e agora doutor? O que é que eu vou dizer quando perguntarem pelo senhor?
- Não sei !Diga que eu morri ou me afoguei no álcool.Eu não quero estar aqui quando um desses “Robertos” acordar.




Pedro L Cipolla
Enviado por Pedro L Cipolla em 31/12/2019
Comentários