Pedro L Cipolla
A sorte persegue a coragem
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Adão e Eva....






No primeiro dia em que se viram perceberam terem sido feitos um para o outro.Os olhares que se cruzaram logo previram uma paixão avassaladora que parecia ir consumi-los até o último sopro de suas vidas..
Eles, como barro sem forma viviam na escuridão dos dias solitários,quando esta paixão explodiu como um “Big Bang” ,iluminando tudo aquilo que até em então eram sombras fazendo-os ver um sentido na vida.
No segundo dia entregaram-se um ao outro ,como a vida se entregando à morte, como Deus criando os mares...
O desespero da procura acabara. Nunca mais aquelas noites de total solidão ,que acabavam ,quase,sempre, se transformando em pesadas lágrimas..
No terceiro dia a paixão floresceu ainda mais,,crescendo como a força que só os apaixonados atingem chegando ‘as raias da loucura..Enfim,a terra estéril da solidão era agora cultivada com a semente do amor.
No quarto dia, a ausência de um já era suficiente,para materializar em dor o desespero do outro.A eternidade se resumia em segundos de ausência.
Agora sim,parecia que respiravam o fôlego da vida.Tinham uma razão de ser e de existir.
No quinto dia a certeza de uma vida toda juntos na consumação dos desejos,na materialização dos prazeres
Crescei-vos e multiplicai-vos!
A paixão os ressuscitara para uma vida de amor que de há muito já lhes parecia desinteressante e fria.,triste e insossa. .i
No sexto dia, o calor dos corpos,’a procura do amor materializavam os gritos dos deuses para quem tanto pediram e já pensavam não mais existir ..
A paixão era o alimento de suas almas tão famintas.Mas,
feliz ou infelizmente, sem um motivo aparente,como a explosão dos átomos no Big Band e a fortuita criação do mundo,essa paixão durou exatamente seis dias e acabou no sétimo.
Ah! Como a amor é engraçado,

PS: Acho que entre Adão e Eva não foi tão rápido ... . E







 
Pedro L Cipolla
Enviado por Pedro L Cipolla em 19/12/2019
Comentários